Artwork for podcast Gregario Cycling
Episódio 71 - Roubaix: O Inferno do Norte (completo)
Episode 711st October 2021 • Gregario Cycling • Gregario Cycling Media
00:00:00 01:11:13

Share Episode

Shownotes

OFERECIMENTO: Ultracoffee (https://loja.ataldacastanha.com.br/suplementos-14862555)

CUPOM: gregario10

🥬 Esse programa é um oferecimento Fazenda Sta, Julieta Bio, @sta_julieta_bio alimentos orgânicos direto do produtor local! Cadastre-se no link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdGDjQDcG81d1-NkF6prJIOo0sADDLNKVGgZGGhicQz40hWdw/viewform

Garanta sua Jersey Gregario: bit.ly/Jersey_Gregario

DESCRIÇÃO: A Paris-Roubaix é uma das cinco Monumentos, termo que define as mais relevantes provas de um dia do planeta. Porém, em seus 125 anos de história – Sim, primeira edição data de 1896 – muitas pessoas tentaram achar algo que a definisse. A Clássica das Clássicas. A Rainha das Clássicas. A Clássica dos Paralelepípedos. Todas pertinentes, mas a mais famosa e mais ilustrativa no entanto é Inferno do Norte.

Uma definição que pode ser associada com a dureza do percurso, com 30 trechos de paralelepípedos, com as dores e os problemas mecânicos literalmente maltratam os ciclistas. Mas também com seu aspecto histórico. Já que a região do Norte da França, quase na fronteira da Bélgica foi palco de grandes batalhas nas duas grandes guerras mundiais e a cidade de Roubaix foi invadida e destruída pelos alemães nas duas ocasiões por ser um centro industrial importante dos franceses.

E mesmo que a prova tenha sido interrompida nesses períodos, as estradas secundárias mantiveram os resquícios das batalhas nos anos sequentes.  

Felizmente, as batalhas em 2021 são outras. E enquanto aprendemos a conviver com a Covid19, o pelotão retorna para Roubaix com muita rivalidade. Lá estarão nomes que marcam a atualidade como Wout Van Aert, Van der Poel e outros já mais veteranos como Peter Sagan, Philippe Gilbert e Greg VanAvermaet.

Uma coisa muito característica da Paris-Roubaix é que sua dificuldade deu origem ao grande esforço das fornecedoras de equipamentos para produtos que garantissem performance, mas com um mínimo de conforto. É sobre essas peculiaridades que abrimos o programa com o Rafael Metzger, nosso especialista do Gregario Tech.

Outro marco dessa edição é a primeira participação feminina. Em uma prova que será disputada nesse sábado. Uma conquista fruto de muito trabalho, algo que conversamos com Marcella Toldi, que, claro, não deixa de dar os seus palpites sobre as favoritas para colocar o nome na história.

Um craque dos textos chega para falar no Gregario, Kleto Zan traz a visão do amador. Ele fez a Paris-Roubaix para amadores e tem uma visão quase poética do que é a Inferno do Norte. Algo que no popular pode ser muito bem traduzido pelo "Deus Me Livre, mas quem me dera".

PRODUÇÃO E APRESENTAÇÃO: Leandro Bittar, Alvaro Pacheco e Nicolas Sessler

CONVIDADOS: Rafael Metzger, Marcella Toldi e Kleto Zan

Siga o @gregario_cycling nas redes sociais: https://instabio.cc/gregariocycling

Follow

Links